Português

Como a tecnologia assistiva colabora para o desenvolvimento pessoal e profissional de uma pessoa com deficiência

Como a tecnologia assistiva colabora para o desenvolvimento pessoal e profissional de uma pessoa com deficiência

Orientador: João Monteiro Vasconcelos
Autor Principal: 
Danielle Cardoso dos Santos

Este trabalho tem por objetivo mostrar como as tecnologias assistivas podem auxiliar no desenvolvimento pessoal e profissional de uma pessoa com deficiência. Para tanto, usarei a minha própria trajetória como aluna do curso de Letras na Universidade Estadual do Ceará (UECE) e estagiária do Laboratório de Inclusão da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS), que é um centro de estudos, pesquisas e desenvolvimento de projetos de inclusão social para pessoas com deficiência e vulnerabilidade social. Tive Paralisia Cerebral, o que me deixou com dificuldades para falar e para me movimentar. Percebendo a necessidade que temos de conscientização e sensibilização para a inclusão social de pessoas como eu, decidimos intervir nessa realidade. Nossa metodologia foi realizar a palestra “Pernas, para que te quero se, como uma borboleta, posso voar?”, promovida pelo Laboratório e toda organizada por mim. Com isso, um problema: como eu seria palestrante se tenho dificuldade na dicção? Partimos, então, para o uso de tecnologia assistiva e os resultados foram muito satisfatórios. Hoje, eu uso tal tecnologia não só nas minhas palestras, mas também na minha vida pessoal, em meus estudos e nas outras atividades de meu estágio. Concluo que o uso de tecnologias assistivas pode mudar a vida de pessoas com deficiência.