Português

Educação de surdos: algumas reflexões acerca do modelo educacional inclusivo e da contraproposta do movimento surdo

Educação de surdos: algumas reflexões acerca do modelo educacional inclusivo e da contraproposta do movimento surdo

Orientador: Mariana Farias Lima
Autor Principal: Samantha Alves da Silva

O presente trabalho tem como objetivo realizar uma análise crítica daquilo que é proposto pelo Governo Federal com a proposta educacional inclusiva desenvolvida pelo Ministério da Educação (MEC), bem como analisar o que o movimento surdo, que tem como uma das principais entidades representativas a Federação Nacional de Educação e Integração dos Surdos (FENEIS), pensa sobre essa proposta do MEC e a sua contraproposta por uma educação bilíngue para as pessoas surdas. Para isso, analiso o total de seis documentos, de ambas as propostas, em sua maioria disponibilizados na década de 2000, para confrontar o projeto oficial do Estado de uma educação sob a perspectiva da inclusão de pessoas com deficiências, que afeta também os surdos, e a contraproposta organizada por um movimento social em que eles não se reconhecem neste modelo educacional inclusivo e propõem a educação bilíngue para surdos. Dessa forma, trato de três modelos educacionais: educação especial, educação inclusiva e educação bilíngue.