Português

A importância do interprete no nível superior para a formação de surdos

A importância do interprete no nível superior para a formação de surdos

Autor Principal: Ítalo pereira coelho
Co-Autor: Tayná Saraiva de Lavor
Orientador: Tadeu Lucas de Lavor Filho

JUSTIFICATIVA: É cada vez maior a quantidade de alunos surdos nas universidades do Brasil. Concomitantemente a este processo, fez-se necessário a formação de profissionais capacitados para atual com tais demandas, fazendo-se necessário compreender sua formação, atuação e função social. OBJETIVO: Sendo assim, qual a importância do interprete no nível superior para a formação de surdos? Para alcança-lo, busca responder qual a importância do interprete na formação acadêmica de surdos, e discutir a sua função no nível superior. METODOLOGIA: Metodologicamente, optou-se pela revisão bibliográfica através de livros, e por meio da busca de periódicos a partir das bases de dados da Coordenação de Aperfeiçoamento Pessoal de Nível Superior e Biblioteca Virtual em Saúde. RESULTADOS: Observou-se que o interprete possui grande impacto na formação acadêmica do surdo devido este promover um desenvolvimento o processo de mediação entre estres alunos surdos com a instituição de ensino e tornar o conteúdo compreensível em seu universo. Além disso, o interprete deve ser capaz de entender as limitações e dificuldades do surdo e descobrir a(s) melhor(es) estratégia(s) para apaziguar tal situação. CONCLUSÃO: Portanto, percebe-se que o interprete é ferramenta de inclusão, pois este acaba funcionando como um elemento de vinculação entre o surdo e a comunicação com o ensino superior, auxiliando-o através da detecção de dificuldades e no desenvolvimento de técnicas para melhor aquisição do conteúdo.

Palavras-Chave: Surdo; Interprete; Ensino Superior.