Português

Processo seletivo de inclusão digital inscreve até 21 de junho; 6 mil chips de Internet móvel serão distribuídos

18 de junho de 2020

Imagem de quatro pessoas utilizando computadores e celulares com o mapa múndi ao fundoEstão abertas, até 21 de junho, as inscrições para a ação de Inclusão Digital da Universidade Federal do Ceará. A seleção é voltada para estudantes com vulnerabilidade socioeconômica matriculados em cursos de graduação presencial da UFC, sob a condução da Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (PRAE).

A medida está prevista no Plano Pedagógico de Emergência para apoiar as atividades remotas, a retomada gradual das atividades presenciais e a conclusão do semestre 2020.1. Nos campi da UFC na Capital e no Interior, serão distribuídos 6 mil chips de planos de Internet móvel (3G/4G) com 20 GB de dados, válidos de julho a dezembro deste ano.

Segundo o reitor da UFC, Prof. Cândido Albuquerque, essa é a maior ação já desenvolvida na história da Universidade no campo de inclusão digital. Além de disponibilizar os pacotes de Internet aos estudantes, há uma série de melhorias pensadas para residências universitárias, bibliotecas e espaços de convivência, equipando-os com novos computadores e com a expansão de redes de wi-fi de alta velocidade.

“Estamos aproveitando o momento da realização de atividades remotas para fazer um amplo programa de inclusão digital como nunca se fez antes na UFC. A pandemia fez com que as pessoas aprendessem o manuseio das ferramentas e melhorassem o conhecimento nessa área, inclusive com vários cursos promovidos pela própria Universidade. Penso que nós sairemos bem mais fortes, como aliás está acontecendo com a maioria das universidades do mundo”, pondera.

Veja respostas para perguntas frequentes sobre a ação de Inclusão Digital

O processo seletivo é regulado pelo Edital nº 08/2020, e as inscrições serão feitas por meio de formulário eletrônico. Até o prazo final das inscrições, o formulário ficará disponível também no Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (SIGAA).

A distribuição dos chips com os planos de Internet móvel atenderá à seguinte demanda: Fortaleza (4.700), Crateús (180), Quixadá (360), Russas (270) e Sobral (440). Nesse pacote, há 50 chips reservados para alunos do Programa de Estudantes-Convênio de Graduação (PEC-G), com vulnerabilidade atestada pela Pró-Reitoria de Relações Internacionais e Desenvolvimento Institucional (PROINTER).

Entre os pré-requisitos da ação de inclusão digital estão os casos de estudantes contemplados este ano nos programas de assistência estudantil de responsabilidade da PRAE, como o auxílio-moradia, auxílio-creche, auxílio-alimentação emergencial, as bolsas de Iniciação Acadêmica e de Incentivo ao Desporto, entre outros. Também podem participar os alunos que tiveram as solicitações de auxílios e bolsas da PRAE indeferidas por insuficiência de vagas, bem como aqueles que não participaram dos programas de assistência estudantil e estejam inscritos no CadÚnico, do Governo Federal. O resultado final do processo será divulgado no dia 1º de julho.

Informações sobre critérios de seleção, documentação exigida e cronograma podem ser consultadas no edital.

Fonte: Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (PRAE) da UFC ‒ e-mail: prae@ufc.br