Área do cabeçalho
gov.br

Este sítio foi reprojetado para melhor atendê-lo. Acesse já pelo celular e veja mais essa novidade

Portal da UFC Acesso a informação da UFC Ouvidoria Conteúdo disponível em: Português

Universidade Federal do Ceará
Secretaria de Acessibilidade

Área do conteúdo

A inclusão de pessoas com deficiência nas tramas da sociedade: rompendo a categoria da deficiência

A inclusão de pessoas com deficiência nas tramas da sociedade: rompendo a categoria da deficiência

Autor Principal: Tayná Saraiva de Lavor
Co-Autor: Priscilla Couto de Sampaio Morais; Millena Raianny Xavier da Silva
Orientador: Tadeu Lucas de Lavor Filho

JUSTIFICATIVA: A inclusão social de pessoas com deficiência cresceu após a década de 90. Iniciativas como a Lei de inclusão de colaboradores com alguma condição de deficiência em empresas e reformas estruturais geram acessibilidade em instituições que promovem ocupação pública. Todavia, pensar acessibilidade e inclusão no âmbito social ultrapassa conquistas legais e físicas, expande-se para a convivência, tolerância e respeito. OBJETIVO: Logo, como pensar a inclusão das pessoas com deficiência para o rompimento da indiferença social? Assim, fomentaremos discussões que elaborem soluções possíveis ao enfrentamento da intolerância e da discriminação. METODOLOGIA: Metodologicamente, optamos pela revisão bibliográfica, através da busca de periódicos nas bases de dados da CAPES. RESUTADOS: Segundo autores como Aranha (2001), Aminalian et al (2000) e Omote (1994), a deficiência por muito tempo foi tratada como anomalia do corpo humano, mas essa visão teria sido abandonada com a disseminação do saber cientifico atual. Entretanto, essa categorização permanece no seio social e demanda desconstrução, pois vigora como marcador da exclusão. Os autores orientam que esse processo deve ser coletivo; uma causa humanizada, na qual o compromisso seja de romper com os estigmas da deficiência enquanto fator segregador. CONCLUSÃO: Portanto, repensar a deficiência enquanto um fator de segregação deve ser articulado no meio social promovendo um espaço de igualdade e bem-estar subjetivo.

Palavras-Chave: Pessoas com deficiência; Inclusão; Exclusão; Igualdade; Bem-estar.

 

Acessar Ir para o topo