Português

Mamógrafos adaptados passam a ser garantidos a mulheres paraplégicas

25 de outubro de 2016

Médica fazendo exame de mamografia em uma pacienteO direito de mulheres paraplégicas e tetraplégicas a mamografias acessíveis foi garantido no dia 23 de novembro deste ano. Apresentado pela senadora Ana Amélia, o projeto foi sancionado sem vetos. Segundo ela, o atual presidente da república, Michel Temer, foi quem ligou para lhe dar a notícia, desde então comemorada pela senadora.

De acordo com a matéria publicada no site oficial do Senado, Ana Amélia lembrou que mulheres com deficiência encontram muitas dificuldades para fazerem suas mamografias. O exame é de fundamental importância para diagnosticar o tipo de câncer mais frequente entre as mulheres: o de mama. Dados do Inca (Instituto Nacional do Câncer) informam que em 2016, a estimativa é de que apareçam 57.960 novos casos de câncer de mama no Brasil.

“É uma doença grave. Eu perdi uma irmã com câncer de mama. Outra irmã venceu essa doença. Então, não é apenas porque é a família, mas é porque essa matéria é uma matéria crucial”, finaliza a senadora.

Mais informações:

Fone: (85) 3366 – 7908 / 7660
Email: apoio.edu@acessibilidade.ufc.br; ufcinclui@acessibilidade.ufc.br